Sobre a terceira guerra mundial e o Apocalipse

Vejamos as palavras de Jesus: "O dia em que estas cousas vão acontecer nem o Filho o saber, apenas o Pai".

É bem verdade que os esotéricos e os místicos presentem que estamos no "olho" do furacão do Apocalipse. No entanto, não nos compete saber o dia ou a hora, mas, sim, estarmos preparados.

O que se sabe é que "muitos vão querer morrer e não vão conseguir".

Já se fazem dois mil anos terrenais que a vida eterna foi dada ao homem. O que é esta vida eterna, senão sua obtenção através do Verbo de Deus? Sua Palavra é o caminho para a salvação!

“Eu sou o caminho, a verdade e a vida”.

A que salvação Deus nos convida?

A de ganhar a consciência de que todos os nossos atos, palavras, pensamentos e ações formam o próprio Universo e que para que este esteja alinhado e harmônico se faz necessário o nosso próprio alinhamento.
"Eu e o Pai somos um".

"Vós sois o Templo Sagrado do Senhor".

"Deuses sois".

E por aí vai as muitas mostras do Mestre de que nada está separado do Todo, de Deus.

A Cavalaria Espiritual veio se instalar na Terra afim de preparar os resgatadores. Os que devem se preparar para "salvar" a si mesmo e auxiliar o outro.

Lembremos que a luta na Terra sempre foi entre o Bem e o mal e que esta luta tende a ter fim com a consciência coletiva da manifestação do Espírito Santo em nós. Eu e o outro somos um. Sem esta consciência a luta continua.

Disse um poeta: "quem sabe faz a hora não espera acontecer". Eu diria mais, a hora está vencendo e o despertar requer a reestruturação de nós mesmos. O morrer do velho homem (ego) para o nascer do novo homem, o homem espiritual capaz de se conectar e falar diretamente com Deus como disse o próprio Mestre Comandante de nossa Milícia Branca.
Despertai oh filhos da luz para que a treva não vos envolva em sua radioatividade maligna.

Sejais um Soldado do Cristo, não na vestimenta, mas na alma, no sentimento da unicidade Crística.

Amar uns aos outros é o caminho apontado pelo Mestre. Praticai!

Não percas tempo "aquele que quer ser o maior que se torne o menor".

A guerra que devemos travar e que devemos nos focar é a guerra interna. Nosso inimigo não está fora, mas dentro de nós.

Escrevo estas linhas apenas para nos lembrar que não precisamos temer a nada ou a ninguém se estivermos procurando fazer a vontade do Pai.

FTAT
Fr.
+++Albino Neves