Gran Priorato Templário do Brasil homenageou São João Batista o Padroeiro da Ordem e da Cavalaria Espiritual

           

              52º Grão Mestre Dom Albino Neves

      

            Princesa Regente Suzana Sendin Fontes 

    

O Grão-Mestre Dom Albino Neve e o Conselheiro Magistral Nenad Davidovic

                                                 

 Grão Prior do Brasil Eutenciano Chagas lendo o texto Sagrado

A OSMTH Magnum Magisterium autêntica representante da Ordem Templária em todo o mundo, desde Hugo De Payns, em 1.118, tem como 52º Grão-Mestre Dom Albino Neves e como Princesa Regente Suzana Sendin Fontes que segundo os Estatutos da Ordem em seu “Art. 11 alínea C” foram escolhidos em Carta Testamento deixada pelo 51º Grão-Mestre Dom Fernando de Sousa Fontes (In Memoriam), que governou a Ordem por 59 anos. O Grão-Mestre e a Princesa Regente foram empossados na Capela de Fradelos – Porto – Portugal em 18 de agosto de 2018.

O Gran Priorato Templário do Brasil (GPTB) – Cavalaria Espiritual São João Batista (CESJB) faz parte da OSMTH Magnum Magisterium, a qual está instalada em dezenas de Países em todo o mundo. Segundo o Estatuto da Ordem, em seu Art. 3º, determina que as festas da Ordem, obedecendo às tradições desde o período Medieval são 24 de junho, dia de São João Batista; 20 de agosto dia de São Bernardo; 27 de dezembro dia de São João Evangelista. Além dos dias 11 ou 18 de março que é o dia consagrado aos mártires da Ordem.

Após lida a Carta Testamento foi realizada a posse dos escolhidos por Dom Fernando

 

Veja no link a seguir o documentário da posse do 52ºGrão-Mestre

 

https://www.youtube.com/watch?v=P7uvTZ52QOQ

 

No período de 20 a 23 de junho o GPTB-CESJB com a presença de Cavaleiros e Damas do Templo de todo o Brasil aconteceu à festa em homenagem ao Padroeiro da Ordem e do GPTB no Complexo Templário Jacques De Molay, sede do Gran Priorato Templário do Brasil – Cavalaria Espiritual São João Batista, o único Complexo Templário construído todo em pedras e em estilo Medieval, em toda a América Latina.

Os Comendadores Dalton, Kléber, Renato e Robson acenderam a fogueira.

A festa contou também com a presença do Grão-Mestre Dom Albino Neves, do Grão Prior do Brasil Eutenciano Chagas, dos Grandes Oficiais Adaniel Barbosa, Ana Cláudia, Wanderson Braz e Renato Milhiolo e dos Comendadores Adílio Jorge Marques, Dalton Neves Duarte, Fernando Bacellar, Kleber Eduardo Tavares, Renato Cesar Menendes Cruz, Sidení Moratelli, Ricardo Fabris de Abreu e Robson Barbosa Gimenes. 

Dezenas de Cavaleiros e Damas de vários Estados do Brasil ao redor da fogueira

 

Os festejos foram marcados com a Iniciação e Investidura de 16 novos Cavaleiros e Damas do Templo, Estudos Esotéricos, Celebração Eucarística, confraternização, Ritual de Conexão à Terra, a tradicional saída do Templo -após uma reunião reservada- de Cavaleiros e Damas com os estandartes da Ordem, do Grão-Mestre e outros além do acender da fogueira, a leitura sobre a vida de São João Batista, uma Oração ao Santo Padroeiro e os Salvas a São João Batista, a Ordem do Templo e a Nosso Senhor Jesus Cristo o Comandante da Milícia Branca Espiritual da Ordem.

 

Momento em que o Grão-Mestre lia sobre a vida e a missão de São João Batista.

Também saíram do Templo as imagens de São João Batista, de São Bernardo e da Virgem Negra.

Cavaleiros e Damas de vários Estados do Brasil na porta do Complexo Templário 

Jacques De Molay, sede do Gran Priorato Templário do Brasil. 

Após o acender da fogueira, da Oração, da salvas, foi aberto um espaço para as fotos e a seguir foram guardados os estandartes, imagens e retirado os mantos para que todos em volta da fogueira pudessem participar da degustação de comidas típicas da época dos festejos de São João.

A Princesa Regente Suzana Sendin Fontes e o Conselheiro Magistral Geral Nenad Davidovic enviaram as congratulações ao Grão-Mestre Dom Albino Neves, ao Grão Prior Eutenciano Chagas e a todos os participantes pela realização dos festejos no Brasil e disseram que esperam ainda poder participar deste importante evento da Ordem.  

Cavaleiros e Damas receberam seus diplomas na Ermifda de Santa Maria Madalena